29 de novembro de 2009

Um minuto de silêncio pela participação do STJD no "Brasileirão"




É isso. Decidiu.

27 de novembro de 2009

Em tempos de "Lua Nova" (2009), muito melhor é "Casablanca" (1942)...




Em tempos de vampiros, lobos, vida eterna e romances modernos... Fui inventar essa noite de ver um filme tido como um dos melhores de todos os tempos: "CASABLANCA" (1942). Não vou negar que tenha assistido "Crepúsculo" (2008) e nem que volte para assistir "Lua Nova" (2009) - não sou dessas pessoas azedas que tem preconceito por longa bilheteria. No entanto, tenho consciência que esse não é "o grande cinema", não é desses filmes que vão se falar daqui a sessenta anos, aliás, todos os anos sempre teremos coisas parecidas e que gerem grandes receitas - é disso que é feita a Grande Indústria Cinematográfica.

Nas listas de melhores filmes já produzidos "Casablanca" sempre aparece com destaque. Um exemplo é a da American Film Institute (tida como a maior autoridade em cinema nos EUA), onde encontramos: "Citizen Kane" (Cidadão Kane - 1941) em primeiro, em segundo... Qual? "Casablanca"! Em terceiro, "The Godfather" (O Poderoso Chefão - 1972), esse nem precisa de maiores comentários... Tive a felicidade de já ter assistido os três e posso garantir que, polêmicas à parte, a lista é criteriosa...

(Link da lista completa com os títulos originais dos filmes: http://en.wikipedia.org/wiki/AFI's_100_Years%E2%80%A6100_Movies).
Outras listas apontam "Casablanca" como o melhor da história - o que nem de longe também se poderia contestar:(http://www.omelete.com.br/cine/17412/Casablanca_e_eleito_o_melhor_roteiro_da_historia_do_cinema.aspx).



Sobre o filme: A cidade de Casablanca, então localizada no Marrocos governado pela França de Vichy, era o penúltimo ponto na rota à América. Os refugiados que ali residiam necessitavam de um visto (Letter of transit) para Portugal, e apenas em Lisboa embarcariam em um navio para o Novo Mundo. Um dos locais de encontro era o bar Rick´s. Seu dono, Rick Blaine, é um homem que tenta não se envolver com a política, pois seu estabelecimento é frequentado por todos os tipos de clientes, como nazistas, aliados e ladrões, entre outros. Rick também é amigo do corrupto Capitão Renault.

Um dia um major alemão vai a Casablanca em busca de um ladrão que havia roubado duas letter of transit. O casal que necessitava destes documentos para sua fuga à América era Ilsa Lund e Victor Lazlo, importante líder da resistência tcheca. Rick e Ilsa se encontram e relembram o passado que tiveram juntos. Na tela, a música imortal deste relacionamento (As time goes by) é interpretada por Sam - o pianista do Bar de Rick.

Notório por conciliar suspense, aventura, intrigas, amor platônico, triângulo amoroso, comentários políticos, humor e Segunda Guerra Mundial sem soar indigesto, o roteiro de Casablanca é uma das mais célebres e bem-sucedidas compilações de fórmulas prontas da história. De quebra, ainda tem alguns dos diálogos mais famosos do cinema. Uma coisa é quase indiscutível: é o melhor filme romântico de todos os tempos. Casablanca, vencedor de 3 Oscars (melhor filme, direção e roteiro em 1943). O filme permanece na cabeça de todos que o assistiram. Sem efeitos especiais ou qualquer outro adorno desnecessário, "Casablanca" é marcado pela excelência técnica de diretores e atores. É uma obra de arte. Enfim, é fodão! Então, antes de assistir a saga do "vampiro da moda" e achar que tá diante de algo eterno (além do vampiro), tentem assistir esse filme que é muito mais que uma dica.

"- Sempre teremos Paris".

"- Esse é o incício de uma bela amizade".

A trilha sonora que o leitor jurava que não deveria conhecer é uma das mais interpretadas da história cinema (outro motivo do sucesso do filme):


(Link do Youtube da cena em que a música "As Times Goes By" é tocada pela primeira vez no filme).

"You must remember this
A kiss is still a kiss
A sign is just a sign
The fundamental things aplly
As time goes by..."

26 de novembro de 2009

Analytics



Segundo o Google Analytics - que monitora "Listras Verticais Coloridas" - a cidade que mais visitou a página entre 24 e 26 de Novembro foi FORTALEZA... Como assim? AUhhsuhahus. Obrigado aos cearenses, ou "as" cearenses, que visitaram o Blog. Isso deve ser fruto de um carnaval em Luis Correia-PI, conheci muitas pessoas do Ceará, que tenho no MSN (onde tem um link p/ Blog) mas não esperava que Fortaleza superasse Imperatriz - ainda que por dois dias. O Analytics apontou também que boa parte das visitas vem pelo Google, interessante isso, e que o link do Orkut é forte fonte de captação de leitores... USAHuuhshu. Quanta informação legal hein!? Abraços também para os visitantes da Espanha e Portgual (De Porto, eu sei que foi a Tiara...). Então, vida longa ao Blog e vamos tentar mapear o Brasil - e o mundo... Por que não!? Vou postar-posteriormente (só p/não perder a cacofonia) uma foto do mapa que marca as cidades que já visitaram o site.

Sintam-se abraçados e voltem mais vezes p/ esse canal fora do ar. Desde já, agradeço.

Fuuuuuuuuuui!


25 de novembro de 2009

Twittadas p/ todo lado




What's happening? Blog, Twitter, Orkut, Msn, Google Analytics = Internet mata! Cento e quarenta caracteres é o segredo para uma vida saudável. Esse Twitter deixa uma lição silenciosa sobre como se usar uma rede social sem se prender a esse mundo fictício... Droga! Passei dos caracteres...

Agora já foi... É como dizem os mais velhos: "Ou uma coisa ou outra!". A internet é um mundo de possibilidades interessantes, mas a vida fora dela é bem mais... Acho que passo nesse momento por um sentimento de descoberta de possibilidades virtuais - temos que nos render ao inglês (é a língua de tudo!). Esse descoberta do homem é capaz de criar uma lingugem própria em cada uma de suas ramificações de "entretenimento comunicativo", tente aprende a usar o Blogger, com sua imensidão de possibilidades, e depois mexa no Twitter - você parece que muda de idioma (é a minha chance de ser poliglota...).

-------------------------------------------------------------
Eis aqui algumas verdades que, percebi nas minhas fuçadas da vida, nem imaginava:

Blog dá dinheiro!
Twitter é a tendência.
O Orkut perde espaço por não ser tão dinâmico. (Sustentar isso pode parecer absurdo)
Msn é perca de tempo na vida. Perca de tempo! Perca de tempo! Perca de tempo!
Google Analytics é tudo que um dono de página precisa (Quem é o visitante de "Boa Vista" que sempre aparece na lista, hein? Amigo sem rosto, saiba que é sempre uma "Boa Visita" - isso foi ridículo de se escrever).
Twitter, Orkut e Blog`s são ambientes de estudos jurídicos tão eficientes quanto a melhor Biblioteca do Mundo.

--------------------------------------------------------

Alguns coservadores - desinformados - podem achar estranho esse possível blefe (às vezes, até é...) de que se pode estudar pelos passatempos da internet. Um exemplo simples no Twitter, de como isso pode ser feito com maestria, é dado pelo Professor Luís Flávio Gomes (da Rede LFG, maior rede de ensino jurídico do país), na página de sua "empresa-escola-virtual" existem diversos links - os quais remetem ao site do LFG em páginas específicas -atualizadíssimas sobre as mais recentes discussões jurídicas. É claro que seguir o Twitter do Fred do Fluminense é bem legal também. O jogador esteve um tempo "brigado" com a imprensa e passou a se comunicar somente por lá. Os tweets dele são voltados para a carreira. Exemplo:
"Daqui a pouco estou indo pro treino e depois vamos concentrar para o jogão de amanhã. Obrigado pelo apoio de sempre! Saudações Tricolores" (Fredgol)

De tudo um pouco. Vale a pena se viver em sintonia com essas modernisses. Muita calma nessa hora... É bom não tirar o olho do relógio. Afinal, é muita intimidade disponível a um clique... P/ curioso é um prato cheio...



24 de novembro de 2009

Coisas que só existem em Imperatriz



Coisas que, após anos de evolução, só existem em Imperatriz:

Sinal Vermelho: Um Honda Civic, Uma carroça, Uma barra circular (que vai ultrapassar e dobrar na contramão), Uma titan, Uma Biz e 8 pessoas que vão atravessar quando o sinal abrir  - o sinal dos carros...
Polícia que multa motoqueiro por viseira aberta.

Cinco bairros em 1 Km quadrado.

Um campeonato de futebol amador organizado.

"As quatro-bocas".

Um bar a menos de 1 quarteirão de cada faculdade.

A Farmácia do Ambrósio.

Cooper no aeroporto.

Uma ponte inaugurada duas vezes.

Mercado paralelo p/ Cantor de Brega.

Pontos bem localizados, mas amaldiçoados, que mudam de dono e não vão p/ frente.

"Luau" com som automotivo.

Quatro clientes com a mesma camisa no espetinho.

Vasco e Flamengo transmitidos na Sky do Bar por 1, 50 R$.

Motel com estacionamento exclusivo p/ bicicletas (divulgado na propaganda).

Gente que mora na Vila Nova e diz que é "Jardim São Luís".

Táxi-lotação (2, 50 R$ por cabeça).

Sanduíche com creme de leite.

X-Maranhão do Sul.

- Besteira "no mundo" tem aqui... (Só quem é da região entende a entonação da parte destacada)

- Diaxo de sol quente "daporra"!

- Ei, Dona Maria, tem cuzcuz de arroz, tem Dona Maria?

"Cavalo de aço, cavalo de aço, em teu passado não há fracasso, o teu presente orgulha a gente"

Rodoviária Fantasma.

A Prefeitura fora do prédio da Prefeitura.

Um prefeito que não pode ser derrubado segundo a legislação ambiental.

Exportação de Panelada.

- Rum, "humhum".

21 de novembro de 2009

O Caso dos Exploradores de Caverna (No Brasil)




No meio jurídico existe um famoso relato fictício que parece ser mais que uma leitura obrigatória ao estudante de Direito em suas primeiras disciplinas. Passar pela faculdade sem ter conhecido o "caso dos exploradores de caverna" parece um vazio em seu curriculum acadêmico. É passagem corriqueira nas discussões tocantes à disciplina de "Introdução ao Estudo do Direito". Você precisa saber do que se trata, é uma cultura paralela incontestável e tida até como senso comum na área. É como falar em futebol e nunca ter ouvido comentários sobre a seleção de 1970 ou o caso do Ronaldo com os travecos no Rio... Bom, é mais ou menos isso mesmo! Vai do clássico ao polêmico...
A história relata ao longo de mais de vinte páginas a situação a que foram submetidos cinco exploradores de caverna que após a entrada em seu último desafio, assistem o bloqueio de sua única saída do local. Os familiares informaram as devidas pessoas da situação e a partir daí tem início uma série de fatos interessantes do ponto de vista analítico. Assim que foi estabelecido o contato com os exploradores, foi comunicado que estes não conseguiriam sair da situação em menos de 10 dias, tempo longo para a quantidade alimentos disponível. O que resultou em uma decisão - uma das pessoas presas no local deveria ser morta para servir de alimento aos demais. Passados os dias de angustia, quatro sobreviventes resistiram e para sua surpresa, apesar de relatarem a situação de extrema necessidade em que se encontravam, foram submetidos a um julgamento perante o Tribunal do Júri e condenados à pena de morte. Dessa forma recorreram a Suprema Corte (palco central da narrativa), onde houve um empate na votação do recurso em relação à pena imposta, com dois votos favoráveis a reforma da decisão e dois no sentido de que esta fosse mantida, além de uma abstenção. Sem mariores detalhes acerca do caso, já que ainda é de interesse que a história seja descoberta por quem venha a se interessar...
O fato é que o desenrolar dos votos, as argumentações, ponderações, demonstração de fraqueza, dúvidas, angústias, associadas ao desfile de grande saber jurídico nas palavras dos juristas são de grande riqueza. Sendo esta história, aqui resumida de uma forma assumidamente nos modelos de propaganda da "sessão da tarde" (plim plim), um dos textos fictícios mais lidos na história do Direito, pois coloca em choque bem jurídicos consagrados, correntes doutrinárias, convicções pessoais, o conceito de contrato social, posicionamentos filosóficos em um enredo que parece confunir sua cabeça a cada discurso lido. (Página 10... "É... Concordo com ele"; Página 14... "É louco..." Página 18... "Tenho que rever tudo"... Página 20... "Putz! Lascou"). No fim todos são perguntados sobre uma melhor solução para o caso. No entanto, o que interessa nesse momento é ter uma noçao do que seria isso no Brasil - para o nosso ordenamento.
Imaginemos que 5 nordestinos bêbados no meio da tonteira inventem de ir para a "Toca da Boa vista" na Bahia, a mais extensa caverna brasileira, e fiquem presos no local nas mesmas condições de resgate e alimentaão. O que aconteceria com eles aqui no Brasil? Nordestino é cabra macho, ia ser difícil convencer com essa papo de que um ia ter que ser comido para sobrevivência dos outros - se fosse o Ronaldo e os travecos, eu jé não sei...- mas, papo vai, papo vem e a coisa se desenha igual ao relato produzido em Havard. Qual a punição?
A República Federativa do Brasil em sua Constituição proclama em seu art. 5º a vida como Direito Fundamental. No Código Penal Pátrio o art. 121 prevê que homicídio é crime. Em uma análise matemática da coisa já estaria liquidado o problema: Matou-Morreu-Puniu. Isso não basta. Segundo a melhor doutrina, o fato além de ilicito precisa ser antiijurídico. Estamos diante de uma das "causas excludentes de ilicitude" presentes em nossa legislação criminal: o "estado de necessidade" (as outras são: a legítima defesa, o estrito cumprimento de dever legal e o exercício regular de direito), vem previsto no art. 23, I, e 24 do Código Penal. Para que se configure o estado de necessidade, a doutrina aponta como requisitos:
a) atualidade do perigo: um simples perigo eventual não legitima a aplicação da excludente da ilicitude;
b) Inevitabilidade do perigo: a situação deve estar de tal forma configurada que não admita outra do sujeito resguardar o bem jurídico sem violar direito alheio;
c) Que o perigo não tenha sido voluntariamente provocado pelo sujeito;
d) Razoabilidade da conduta do agente;

Enfim, no Brasil os acusados seriam absolvidos. Quando o direito à vida de duas pessoas entra em conflito sem que nenhuma tenha dado causa para que isso ocorresse e sem que haja outra maneira de se resolver a situação não há como a Carta Magna declarar o direito de uma pessoa a viver em detrimento da outra, sem violar o direito tutelado no art. 5° do seu próprio texto, sob pena de recair em explícita contradição. Sendo assim, em nosso país eles seriam manchete no Fantástico, Capa da Veja, entrevistados no Datena, mas ninguém seria preso. Acreditem: isso em nada tema ver com impunidade, nos países democráticos em geral essa seria a solução adotada. Trata-se da evolução de séculos de discussões para se chegar a esse ponto.quer saber? Com um pouco de sal, tudo cai bem...



Link para O CASO DOS EXPLORADORES DE CAVERNA, vale a pena conferir:

16 de novembro de 2009

Ligamento Cruzado Anterior + Menisco (Joelho)

Tome bastante cálcio. Seja cuidadoso com os joelhos. Você vai sentir falta deles." (FILTRO SOLAR; Pedro Bial).

Pergunte a um atleta profissional: Qual a parte do seu corpo que mais preocupa na prática esportiva? Possivelmente, a grande maioria vai responder apontando logo abaixo: "JOELHO". Ele é o vilão! O joelho é a articulação mais temida com toda razão, tem um formato complexo que envolve osso, menisco, ligamento, cápsula e músculos em uma numerosa relação de detalhes que precisam estar sempre bem encaixados para que tudo funcione bem - é aí que mora o perigo. Se o joelho é o vilão, o principal motivo da choradeira vem representado numa sigla - LCA (Ligamento Cruzado Anterior). Deseje sentir qualquer dor no corpo humano, mas nem no seu pior sonho queira saber o que é romper o ligamente cruzado anterior... Infelizmente, passei por isso no dia 08 de Março de 2008 em uma partida do campeonato imperatrizense de Futsal e, desde então, as coisas tem sido dolorosas por aqui - Quer um conselho? No primeiro estalo, procure um médico - uma das características envolvidas na lesão do ligamento cruzado anterior é que, dificilmente, ela virá sozinha, em geral, está associada com a lesão do menisco medial (uma espécie de amortecedor que fica entre o fêmur e a tíbia, importantíssimo na absorção de impactos). Infelizmente, não deu de fugir muito as regras do joelho bichado, quando rompi o ligamento cruzado completei o pacote e lesionei o menisco medial. Que beleza! A dor é indescritível, mas se é que se pode descrever uma dor, acho que a melhor forma seria: ARGHHHH! PUTA QUE PARIU! ARH! QUEBROU, QUEBROU! A confirmãção do rompimento vem através de ressonância magnética, apesar que os gritos já servem como um prenúncio nada animador...


A intenção desse texto é compartilhar com alguém que, por ventura, tenha passado pelo mesmo problema e busca informações sobre o assunto na internet. É importante fugir do aspecto científico e conhecer também o lado de quem sente a dor e passa pelo problema, ler textos de blog sobre o assunto é uma fase comum nas novas aquisições do joelho rompido - depois que você se machuca e se propõe a entender do assunto, não é qualquer médico que intimida com termos desconhecidos. Hoje, o google e o youtube deixam qualquer leigo com uma boa noção do que seja o cenário. Dessa forma eu segui! Entre um link no google, um vídeo no youtube, um fórum de discussão na internet, pude entender um pouco mais do universo do joelho e, se não amendrontou menos, também não rancou nenhum pedaço... Por falar em pedaço, quando você sofre a lesão do menisco, a parte lesionada é retirada em uma cirurgia conhecida por "menisectomia", realizada por via artroscópica - enfiam uma câmera no seu joelho, porém a área utilizada para isso é mínima, os pontos ficam quase imperceptíveis. Isso mesmo! O médico enfia uma camêra na sua perna e retira o que tiver danificado em seu menisco. No meu caso, após muitos estalos, outros estalos e tá, tá, tá-tá, tá-tá-tá, crec, foi preciso retirar 90% do menisco medial no momento da reconstrução do ligamento cruzado anterior, por uma técnica moderna, onde são utilizados três parafusos inseridos no fêmur e na tíbia (calma, fica tudo dentro de osso... Nada de Robocop!). A fisioterapia é decisiva na reabilitação, o ganho de flexão e extensão é progressivo e por volta de seis meses, você é um sujeito recuperado, com um novo joelho.
                                                               

A lista dos que passaram pelo problema é enorme, vale destacar um nome que, felizmente, está na moda: NILMAR! Quem não é fã do Nilmar!? Impossível não ser! Ele corre igual o papa-léguas (um de seus apelidos), tem habilidade de um jogador de futebol de salão, cabeceia como um centro-avante de 1,90 cm e ainda é humilde. Por essas qualidades Nilmar já deveria ser admirado e não é por menos que marcou 5 dos últimos 6 gols da seleção brasileira (o último na vitória de 1 a 0 contra a Inglaterra, 14-11-2009). Ainda assim, o seu histórico de superação é ainda mais surpreendente que o talento... O jogador foi submetido a duas cirurgias de LCA, isso mesmo, DUAS! Uma em cada joelho... A maneira como se deu a segundo contusão foi cruel - meses depois da volta aos gramados após sua primeira cirurgia de LCA, em um jogo contra o Palmeiras, Nilmar rompeu sozinho o LCA do joelho esquerdo... Imagine como fica a cabeça de uma pessoa que lutou diariamente contra um problema tão dolorido e recheado de privações machucar logo no primeiro dia de rendeção... O NIlmar merece todos os elogios, hoje, ele joga com quatro parafusos, 2 em cada perna e ninguém nem sonha com isso quando olha aquela flecha em direção ao gol. Outro nome que todos lembram quando se fala de joelho é do não menos admirado Ronaldo Fenômeno (RONALDO... E Brilha muito no Corinthians!) - que não chegou a sofrer com esse problema em foco, ainda assim, superou longas recuperações de cirurgia em joelho e sempre com sucesso. Quem não se lembra da Copa de 2002? Campeão e artilheiro após longo período de inatividade.
Pois bem, aos interessados, aprofundem mais o assunto em sites especializados, existe muita coisa boa divulgada na internet sobre o assunto, que evolui rapidamente. Para finalisar essa abordagem simples do tema, vamos apresentar algumas imagens relacionadas à cirurgia de Menisco + LCA, após a ida ao consultório e a realização de exames iniciais pelo ortopedista, a confirmação da lesão vem através da ressonância magnética... O percurso é longo, mas com calma, fé e fisioterapia... Tudo termina bem!
Ressonância Magnética:


Cirurgia via artroscópica (Inserção do Parafuso Transfix):

Retirada da parte lesionada do Menisco:


Parte Lesionada do Menisco:

Serão submetidos a limpeza e sutura para confecção do enxerto.
                                                                 

Parafuso Absorvível

Imagem do ligamento via artroscópica

Fisioterapia de Joelho